sábado, 17 de dezembro de 2011

Protagonismo juvenil (2ª semana)

Unidade 2 - Educação comunitária, saúde e cidadania
Disciplina: Educação comunitária e para a cidadania
Semana 2 (30/10 à 05/11)

"A educação deve promover o acesso aos bens culturais exigidos pela sociedade contemporânea e garantir uma formação política que seria aos jovens participar da vida social de forma mais crítica, dinâmica e autônoma." (Ulisses)
A partir deste conceito o curso de especialização Ética, Valores e Cidadania na escola, desde o Módulo 1, vem demonstrando ações reais e possíveis na prática do protagonismo juvenil na escola. Um dos exemplos é a metodologia do próprio curso em questão, trata-se da aprendizagem baseada em problemas e por projetos que demonstra na sua prática o protagonismo de seus alunos e os brilhantes resultados a partir daí.

Outros exemplos, citados por Ulisses e já trabalhados em outras vídeo-aulas, foram:

- Assembleias escolares;
- Grêmios estudantis;
- Estratégias de resolução e de mediação de conflitos (professor como mediador do aluno);
- Estratégias de aproximação entre escola, família e comunidade.

O grande objetivo destes conceitos é transformar o aluno em construtor dos valores morais da sua vida, sendo assim, sujeitos de suas ações e não mero espectadores.


“Protagonismo juvenil é a participação do adolescente em atividade que extrapolam os âmbitos de seus interesses individuais e familiares e que podem ter como espaço a escola, os diversos âmbitos da vida comunitária; igrejas, clubes, associações e até mesmo a sociedade em sentido mais amplo, através de campanhas, movimentos e outras formas de mobilização que transcendem os limites de seu entorno sócio- comunitário ” (Costa, 1996:90) 

Para ser ativo na vida as crianças e adolescentes precisam aprender ou mesmo ter espaço para viver de forma ativa dentro da escola e do seu entorno, por isso o incentivo ao protagonismo juvenil é muito importante.

# Vivência
É interessante relatar que neste assunto tenho experiência como aluna. Na verdade o curso de especialização da USP vem demonstrando na prática que métodos voltados ao protagonismo são produtivos e positivos.
Fiz graduação durante 4 anos e meio, adorei o curso de História na PUC-SP, mas uma das grandes discussões que aconteciam era justamente a distância entre prática e teoria, além das "imposições" das grades curriculares, etc. Todos esses pontos me afastaram de uma possível extensão (mestrado e doutorado), pois considerava egoísta o fato de estudar tanto para a produção de um conhecimento próprio, isto é, importante e enriquecedor somente para mim.
Ao entrar em contato com a metodologia usada no EVC me animei e, felizmente, não me decepcionei com sua prática que foi animadora na prática como docente e na prática de pesquisadora.

# Bibliografia
Vídeo-aula 5: Protagonismo juvenil e participação escolar
Vídeo-aula 6: Educação comunitária e Questões de Gênero na escola
Disponível em: http://www.abpd.psc.br/files/congressosAnteriores/AnaisVIICBPD.pdf
Texto: O que é protagonismo juvenil?
Disponível em: http://www.promenino.org.br/TabId/77/ConteudoId/5649e039-9334-482f-9431-d9059a580ad3/Default.aspx

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário